Casos da Zona Crepuscular

Nesta quarta-feira, 20, a UniBrasil Centro Universitário vai receber a exposição “Casos da Zona Crepuscular” que reúne fotografias e ilustrações que são parte de uma pesquisa de doutorado, realizada entre 2015 e 2019.

Em 1975, o periódico Notícias Populares, de São Paulo, publicou uma série de manchetes que afirmavam que um bebê-diabo havia nascido em um hospital de São Bernardo, no ABC Paulista. Na época, as capas com as representações visuais da criatura assombraram e divertiram os paulistas, mas nunca passaram de uma invenção de jornalistas feitas para vender jornal.

Imagens como as do bebê-diabo, que misturam elementos da ficção fantástica com a narrativa jornalística do cotidiano, serão tema da exposição que será aberta oficialmente com uma palestra sobre o tema do trabalho desenvolvido, às 18h.

A atração é resultado de uma pesquisa de doutorado “A Zona Crepuscular: imagens jornalísticas do fantástico no cotidiano”, realizada no Programa de Pós-Graduação em Tecnologia da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR). O trabalho, assinado pelo pesquisador Rodolfo Stancki sob orientação da professora Luciana Martha Silveira, foi defendido no último dia 22 de outubro. A dupla assina a curadoria da exposição.

A “Zona Crepuscular” é defendida na mostra como um espaço abstrato de interação entre o fantástico e o cotidiano. De lá, escapam as imagens que vão parar nos jornais. Além do caso do bebê-diabo, a mostra também terá imagens como a do chupacabra, do monstro do Lago Ness e das fadas de Cottingley, entre outras.

Serviço

Exposição: “Casos da Zona Crepuscular”

Data: de 20/11 a 20/12/2019

Horário: das 8h às 21h

Local: Unibrasil (Rua Konrad Adenauer, 442)

Tamie Ono Lor
Tamie Ono Lor
Tamie é jornalista e possui especialização em Novas Tecnologias da Comunicação. Ela está sempre querendo absorver um pouco do mundo que a cerca, de preferência com uma câmera na mão. A oriental respira cultura e seu trabalho é também sua diversão.