Travessia Brasil-Haiti

O Centro Cultural Sesi Heitor Stockler de França receber a exposição Travessia Brasil-Haiti, do fotógrafo e cineasta João Braun que em 2018 lançou o seu primeiro livro fotográfico documental sobre o tema da imigração.

De acordo com o artista, a exposição revela a cultura haitiana sobre aspectos diferentes do que costuma ser apresentada. Em seus trabalhos, João Braun adota a imersão social como prioridade e tem o contato com as raízes dos temas escolhidos como fundamental para extrair informações e expressá-las em suas fotos.

Na exposição em cartaz em Curitiba, João Braun enxergou uma oportunidade de registrar o período histórico da imigração haitiana no Brasil com o resgate das primeiras colonizações que formaram o município de Pato Branco, interior do Paraná, e culminando nessa nova imigração vinda do Haiti. Segundo Braun, desde o século passado, com a vinda dos imigrantes europeus, não houve registros sobre uma nova movimentação imigratória.

Para a realização da exposição, o fotógrafo permaneceu em contato com a comunidade de imigrantes haitianos por um período de um ano no sudoeste do Paraná e 24 dias no interior do Haiti, no município de Ganthier, onde buscou a experiência de viver como um imigrante, tendo como propósito entender melhor as diferentes realidades.

A exposição Travessia Brasil-Haiti é itinerante e também estará presente entre os meses de outubro/novembro nas dependências do Sesi São José dos Pinhais, em São José dos Pinhais.    

Serviço

Exposição Brasil-Haiti

Data: até 27/09/2019

Horário: das 13h às 17h
Local: Centro Cultural Sesi Heitor Stockler De França (Av. Mal. Floriano Peixoto, 458 – Centro)

Gratuito

Tamie Ono Lor
Tamie Ono Lor
Tamie é jornalista e possui especialização em Novas Tecnologias da Comunicação. Ela está sempre querendo absorver um pouco do mundo que a cerca, de preferência com uma câmera na mão. A oriental respira cultura e seu trabalho é também sua diversão.