1° edição do Festival Metrô

Para incentivar a produção cinematográfica em Curitiba a produtora O Quadro criou o Metrô – Festival do Cinema Universitário Brasileiro. O festival acontece de 11 a 15 de outubro, com suas principais atividades ocorrendo na Cinemateca de Curitiba.
Em um período de dois meses de inscrições 427 filmes se submeteram ao Metrô – Festival do Cinema Universitário Brasileiro, vindos de instituições de todas as regiões do país. De obras “veteranas” no circuito a primeiras tentativas, de curtas-metragens com equipe profissional a realizações individuais, o Metrô recebeu uma variedade de trabalhos.
A quantidade de inscritos surpreendeu Christopher Faust, diretor do festival. “Nós esperávamos uma quantidade bem menor de inscritos, já que é a nossa primeira edição. Mas, com esforço e com a ajuda de outros festivais e diferentes órgãos, que auxiliaram na divulgação, acredito que passamos confiança aos realizadores para que nos enviassem seus filmes
Imprimir uma identidade para o festival sem se colocar no caminho dos filmes foi uma das nossas grandes preocupações” conta Wellington Sari, diretor artístico do Metrô e um dos curadores. “Pensamos em não chamar muito a atenção para a curadoria, amarrando a seleção dos filmes com conceitos muito restritivos, ligados a tendências, seja qual forem”. Segundo Sari, a equipe tentou ao máximo fugir das fórmulas do “filme de festival”. “Buscamos curtas que não se apoiem automaticamente na receita do filme para festival; o interessante no cinema universitário é justamente a liberdade”.
Foram escolhidos 47 obras, com 19 exibidas na Mostra Competitiva e 28 na Mostra Paralela. “O público poderá ver filmes bastante instigantes, que respondem a anseios pessoais, à história do cinema, às questões da atualidade nem sempre olhando só para o presente; São curtas que entendem como o cinema é a grande arte do passado e do futuro”.
Além das exibições, o Metrô tem outras atividades programadas: o Metrô Lab, um espaço para desenvolvimento de curtas metragens, e troca de conhecimento entre universitários com projetos e profissionais da área; debates temáticos antes ou após as sessões; e, por fim, a oficina de formação para o Júri Universitário, realizada uma semana antes do início do Festival.
Além dos curtas contemporâneos, o festival também promove a sessão Estação Retrospectiva, com a exibição em 35mm de “Copacabana Me Engana”, de Antonio Carlos da Fontoura, importante clássico do cinema nacional, cópia acervo da Cinemateca de Curitiba, além da Estação Putz e Estação Fbcu/Sal Grosso, que prestam uma homenagem a outros dois festivais universitários de tradição.
A programação completa está disponível no site.


Serviço
1º Metrô – Festival do Cinema Universitário Brasileiro
Data: De 11 a 15/10/2017
Local: Cinemateca de Curitiba e Sesc da Esquina
Gratuita

 

Tamie Ono Lor
Tamie Ono Lor
Tamie é jornalista e possui especialização em Novas Tecnologias da Comunicação. Ela está sempre querendo absorver um pouco do mundo que a cerca, de preferência com uma câmera na mão. A oriental respira cultura e seu trabalho é também sua diversão.