Crítica: Do Jeito Que Elas Querem


O que acontece se juntar quatro amigas e o livro “Cinquenta Tons de Cinza”, da escritora E. L. James. A publicação não é um primor literário, mas garanto que divertiu muita gente e sua história inspirou quatro mulheres da terceira idade no filme “Do Jeito Que Elas Querem”. A comédia chega aos cinemas reunindo um elenco de peso e é risada garantida.
A história retrata as rotinas de quatro amigas – – que sempre se reúnem para discutir um livro. Mas a vida delas mudam quando “Cinquenta Tons de Cinza” é a publicação escolhida. O filme dirigido e escrito por Bill Holderman parece uma propaganda para o livro de E. L. James, mas a comédia irá arrancar risos do público – principalmente o feminino – e mostrar que nunca é tarde para amar, apimentar a relação e falar de sexo da forma mais tranquila possível. O longa me lembrou várias passagens da série Sex And The City – que completou 20 anos – e que também reúne quatro amigas, pode se dizer que “Do Jeito Que Elas Querem” é a versão do grupo de amigas depois de alguns anos.


O roteiro é previsível e você sabe como cada uma das quatro histórias irá acabar, mas mesmo assim isso não tira a graça e consegue arrancar boas risadas do público. O longa aposta em uma história leve que aborda questões que fazem parte do cotidiano feminino e principalmente daquelas mulheres que já estão em uma idade mais avançada.
Se a história é linear, a escolha do elenco foi um acerto. O grupo de amigas formado por Diane Keaton, Jane Fonda, Candice Bergen e Mary Steenburgen é um time de primeira e a química entre elas funciona perfeitamente. Elas converncem, cada uma com sua história, mas principalmente na relação de cumplicidade que elas possuem umas com as outras.


Infelizmente a tradução do título para o Brasil deixa a desejar. Se para as terras tupiniquins o filme ficou conhecido como “Do Jeito Que Elas Querem”, título original “Book Club” faz muito mais jus a história. O longa metragem é uma divertida comédia que, apesar de seu tema, pode atingir todas as idades e irá te fazer rir, refletir e se apaixonar.
Assista o trailer:

Tamie Ono Lor
Tamie Ono Lor
Tamie é jornalista e possui especialização em Novas Tecnologias da Comunicação. Ela está sempre querendo absorver um pouco do mundo que a cerca, de preferência com uma câmera na mão. A oriental respira cultura e seu trabalho é também sua diversão.