Critica: Link Perdido

Está chegando aos cinemas a mais nova animação do estúdio Laika, em parceria com a Disney. O Link Perdido traz uma história simples sobre um investigador britânico que aceita um desafio para ser aceito.

O longa conta a história de Sir Lionel Frost (Hugh Jackman), um investigador de mitos e monstros que deseja ingressar no clube dos investigadores mais respeitados do mundo. O único problema é que eles não levam o trabalho de Sir Lionel a sério.

Para ganhar o respeito dos colegas, o explorador precisa provar a existência de um ancestral primitivo, o famoso Pé Grande. sir Lionel encontra o ancestral a quem ele chama de Link, mas para que o explorador prive a sua existência ele precisa levar o Pé Grande ao encontro do restante da dia família, os Yetis.

O filme do diretor Chris Butler (Kubo e as Cordas Mágicas) se foca em uma animação ao estilo Stop Motion e isso faz com que se torne uma obra de arte. Link Perdido levou dois anos de produção e apesar de utilizar alguns efeitos da arte digital, a animação procura respeitar a estética do desenho.

O longa apostou também nos dubladores. A versão original conta com a presença de atores de peso como Hugh Jackman, Zoe Saldana e Zach Galifianakis.

Apesar da preocupação ao desenvolver o Link Perdido, um fator importante deixou a desejar. O roteiro é arrastado e faz com que 90 minutos de filme se torne uma eternidade. O maior problema está no desenvolvimento lento

Da história, principalmente na primeira parte onde a narrativa passa muito tempo focando em personagens coadjuvantes.

Link Perdido possui um roteiro simples que pode agradar os pequenos. O outro público é aquele que admira um bom trabalho de animação, afinal o estúdio se preocupou com a parte estética do filme.

Assista o trailer:

Tamie Ono Lor
Tamie Ono Lor
Tamie é jornalista e possui especialização em Novas Tecnologias da Comunicação. Ela está sempre querendo absorver um pouco do mundo que a cerca, de preferência com uma câmera na mão. A oriental respira cultura e seu trabalho é também sua diversão.