Dos quadrinhos para a telona


Todo brasileiro, com menos de 50 anos, tem uma memória afetiva com a Turma da Mônica. A criançada da Rua do Limoeiro deixou os gibis e ganhou vida no cinema. O filme Turma da Mônica – Laços é uma produção live-action baseada na HQ homônima de Vitor e Lu Cafaggi, Laços.
Mônica, Cebolinha, Magali e Cascão precisam achar Floquinho que foi roubado e para isso a turminha tem que enfrentar vários desafios para resgatar o cachorro.
O projeto demorou mais de quatro anos para sair do papel, mas finalmente chega nos cinemas e será dirigido por Daniel Rezende (BINGO – O Rei das Manhãs). A escolha do diretor foi certeira para levar personagens tão queridos às telonas. O roteiro ficou sob responsabilidade de Thiago Dottori e juntos eles adaptaram a HQs que contem elementos infantis, mas também agrada o público que cresceu lendo os gibis com piadas e easter egg como a aparição de alguns personagens como o Louco e a aparição de Maurício de Sousa.


A Graphic Novel Laços foi lançada pelos irmãos Vitor e Lu Cafaggi, em 2013, e faz parte do projeto Graphics MSP que apresenta histórias produzidas pelo Maurício de Sousa Produções com a parceria de outros artistas brasileiros que aplicam seus estilos aos clássicos personagens. O filme é baseado fielmente na HQ com uma trama mais madura, mas os personagens Mônica, Magali, Cebolinha e Cascão dos cinemas foram inspirados na figura clássica que estamos acostumados.
Turma da Mônica – Laços está bem realista e isso graças a direção de arte que trouxe muitos elementos já conhecidos do Bairro do Limoeiro. Outro ponto positivo é a trilha sonora que conta com criações próprias, como uma música cantada por Tiago Iorc.
Mas nada seria possível se não fosse à escolha acertada das crianças que dão vida aos personagens. Giulia Benite (Mônica), Kevin Vechiatto (Cebolinha), Laura Rauseo (Magali) e Gabriel Moreira (Cascão) parecem ter nascido para interpretar a turminha e eles encarnaram os personagens e suas características. Se individualmente eles se destacam, quando estão atuando juntos temos a real noção de como a química entre eles funciona perfeitamente. Até mesmo personagens secundários estão com uma caracterização para nenhum fã colocar defeito, o ator Rodrigo Santoro é um show a parte como Louco. O personagem de Rodrigo foi incluído na história apenas para o cinema, o Louco não está presente na graphic, mas dá ainda mais graça para a história.


A turminha criada por Maurício de Sousa faz parte da cultura brasileira e mexer com personagens tão queridos por diversas gerações era um desafio, mas a Turma da Mônica de carne e osso promete agradar a todos e se tornar um dos melhores filmes infantis brasileiros. E se prepare que o Mauricio de Sousa e o diretor Daniel Rezende deixaram no ar a possibilidade de uma continuação e quem sabe filme de outros personagens.

Confira abaixo o bate-papo que tivemos com o diretor Daniel Rezende e o elenco infantil que interpreta o quarteto:

Tamie Ono Lor
Tamie Ono Lor
Tamie é jornalista e possui especialização em Novas Tecnologias da Comunicação. Ela está sempre querendo absorver um pouco do mundo que a cerca, de preferência com uma câmera na mão. A oriental respira cultura e seu trabalho é também sua diversão.