Lançamento de filmes adiados

O mundo está preocupado com a disseminação do Covid-19 que já é considerado uma pandemia pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Por precaução, o mercado cultural brasileiro e mundial resolveu adiar e até cancelar eventos. Shows, festivais, gravação e lançamentos de filmes estão sendo cancelados ou adiados desde o começo de março devido ao coronavírus.

No mercado cinematográfico já temos alguns filmes adiados como “007 – Sem Tempo para Morrer“, “Velozes e Furiosos 9“, – chegará nos Estados Unidos no dia 02 de abril de 2021 – “Um Lugar Silencioso – Parte 2” – adiado por tempo indeterminado – dupla de filmes sobre o caso de Suzane Von Richthofen, “A Menina Que Matou os Pais” e “O Menino que Matou Meus Pais”, é a primeira produção nacional adiada e sem nova data de estreia.

Foi adiado também o filme brasileiro “No Gogó do Paulinho”, informam que o lançamento do longa será adiado e não mais acontecerá em 16 de abril e por enquanto sem nova data de estreia.

A Disney também vai adiar no mundo inteiro os lançamentos da nova versão de “Mulan“, de “Novos Mutantes” e de “Espíritos Obscuros“. Novas datas ainda não foram divulgadas, mas o estúdio diz que estuda possibilidades ainda em 2020.

A Vitrine Filmes decide suspender seus próximos lançamentos que estavam previstos para os meses de março e abril, sendo eles os longas, Três Verões, de Sandra Kogut, Chão, de Camila Freitas, A Febre, de Maya Da-Rin e Pacarrete, de Allan Deberton. A futura data de lançamento dos filmes será anunciada assim que o cenário do avanço do vírus estiver mais claro e o seu impacto seja menor para o mercado cinematográfico.

 

Tamie Ono Lor
Tamie Ono Lor
Tamie é jornalista e possui especialização em Novas Tecnologias da Comunicação. Ela está sempre querendo absorver um pouco do mundo que a cerca, de preferência com uma câmera na mão. A oriental respira cultura e seu trabalho é também sua diversão.