Lucia Murat no CineSesc

Que bom te ver viva de Lúcia Murat


No CineSesc do mês de março cinco filmes de Lúcia Murat estarão em cartaz. A cineasta e jornalista carioca foi presa durante a ditadura militar, fato que influenciou sua obra. O curta Que Bom Te Ver Viva, de 1989, junta histórias e lembranças da época, vítimas que sobreviveram e torturas. Irene Ravache interpreta a personagem principal, mesclada com depoimentos de ex-presas políticas. A diferença é que elas estão lúcidas, Irene é uma mulher que fantasia e delira. Será o primeiro curta a ser exibido, dia 1/03, às 19h No Sesc Paço da Liberdade.
No dia 2/03, também às 19h, é a vez de Doces Poderes, de 1997. Nele há o envolvimento de vários jornalistas, políticos e situações em que a ética é necessária para solucionar. Brava gente Brasileira passa dia 3/03, às 19h. Filme de 1977 que se passa no Pantanal, onde um cartógrafo fará um levantamento topográfico da região. Mas descobre que a relação entre os homens do local, índias e minas de prata é diferente do seu cotidiano.
No dia 04/03, 19h, filme de 2004, Quase dois irmãos. É passado na década de 1970, ditadura militar, revelando o conflito entre presos políticos e o Comando Vermelho. O interessante é que ao longo dos anos essa relação volta como ciclos. E finalmente, dia 5/03, Maré, Nossa História de Amor, de 2007, às 16h. Um romance inspirado em Romeu e Julieta, onde o tráfico de drogas é que vai separar os jovens, que se encontram no grupo de dança da comunidade.

admin
admin