Dança: Sangre de Tango

(Crédito: Henrique Pimentel)

O Teatro Positivo recebe hoje, 30, para única apresentação o espetáculo Sangre de Tango, sob direção do renomado bailarino e coreógrafo argentino Manuel Ortiz. O espetáculo, que já passou por Belo Horizonte e Nova Lima, retrata a história do tango, desde o surgimento até a consagração mundial, com 20 números apresentados por 15 bailarinos.

Sangre de Tango foi criado em 98 e encenado em renomadas casas e teatro internacionais. A proposta é o resgate da tradição que mescla drama, paixão, conquista, sensualidade, agressividade e a tristeza típica das separações amorosas. Na trilha, passeios pelos clássicos de Carlos Gardel e outros compositores.

O elenco é composto por dançarinos das famosas Milongas e shows de Buenos Aires que apresentam desde o “tango show” até o “tango salão”, baseados na comunicação, paixão e na energia que envolve o ritmo.

“O espetáculo recria a atmosfera que havia nos cabarés, onde se dançava o tango antigamente. Os bailarinos se revezam em apresentações solo e em grupo. Eles interpretam a paixão, a sensualidade de olhares e de movimentos característicos da dança”, revela Manuel Ortiz, diretor do espetáculo, que há mais de 35 anos está envolvido com o tango.

Serviço
Sangre De Tango
Data: 30/11/2012
Horário: 21h
Local: Teatro Positivo – Grande Auditório (R. Pedro Viriato Parigot de Souza, 5.300)
Ingressos: Plateia Inferior (filas de 01 a 15) – R$115,00 (inteira) e R$60,00 (meia-entrada) / Plateia Superior (filas de 16 a 28) – R$85,00 (inteira) e R$45,00 (meia-entrada).
Informações: (41) 33150808

Tamie Ono Lor
Tamie Ono Lor
Tamie é jornalista e possui especialização em Novas Tecnologias da Comunicação. Ela está sempre querendo absorver um pouco do mundo que a cerca, de preferência com uma câmera na mão. A oriental respira cultura e seu trabalho é também sua diversão.