9º CWBurguer Fest


Curitiba recebe entre os dias 15 de setembro e 01 de outubro a 9ª edição do CWBurguer Fest. Durante 17 dias os curitibanos poderão degustar 100 opções de hambúrgueres disponíveis em 35 hamburguerias, lanchonetes e bistrôs da cidade de Curitiba.
Durante o evento, as casas participantes vão oferecer em seus endereços fixos opções exclusivas do preparo, que serão vendidos pelo valor único de R$ 27,50 (hambúrguer + acompanhamento). Em sua 9ª edição, o CWBurguer Fest vai oferecer quase 100 opções do preparo, entre eles sanduíches tradicionais, com carnes especiais e exóticas, veganos e vegetarianos.
O CWBurguer Fest se consolidou como um dos principais eventos gastronômicos do Brasil, movimentando a gastronomia e a economia curitibana. Pessoas de todas as faixas de idade e social encontraram no festival uma ótima oportunidade para reunir os amigos e saborear os surpreendentes hambúrgueres da cidade, preparados com muita criatividade e talento pelos profissionais das nossas cozinhas”, detalha Philip Khouri, organizador do evento. Outro grande destaque do CWBurguer Fest será uma parceria inédita com o James Delivery, que vai permitir que os curitibanos recebam em casa os preparos exclusivos do festival.
Estabelecimentos participantes: 277 Hamburgueria, A Casa do Ferreiro, Adega Vô Zanon, Banoffi, Barbarium Pub, Barbinha Hamburgueria, Barteli Gastronomia, Black Station Burgers, Bulls Sanduicheria (Batel, Boqueirão e Jardim das Américas, Carbone Pub & Sandwish, Celeiro Hamburgueria, Charles Burguer, Cidadão do Mundo, Confraria 28, Cores da Frida, Crasy4beer, Fabiano Marcolini Alimentari, Fábrica Gourmet (Avenida das Torres e Trajano Reis), Fundição 52, Garage Hamburgueria, General Chopp’n’Beer, Guiolla, Hamburgueria Curitiba, Le Pinguê, Matteo, Mezanino das Artes, My Way (Street 444), Nebraska, New England, New York Cafe, O Barba Hamburgueria, Picnic, Redface Brewpub, República do Hambúrguer e Rock & Ribs.

Tamie Ono Lor
Tamie Ono Lor
Tamie é jornalista e possui especialização em Novas Tecnologias da Comunicação. Ela está sempre querendo absorver um pouco do mundo que a cerca, de preferência com uma câmera na mão. A oriental respira cultura e seu trabalho é também sua diversão.