Café com cerveja?

Que tal misturar café com cerveja? Marcelo Franck, dono da Franck’s Ultra Coffee, criou o café lupulado. A ideia surgiu pela dificuldade em encontrar no Brasil cafés com o perfil sensorial similar ao do Lúpulo Centennial, uma variedade com sabor cítrico e extremamente aromático.
A planta é responsável pelo amargor, sabor e aroma dado a cervejas artesanais, muitas vezes extraído por meio da técnica de dry hopping, quando é inserido a seco na maturação, fermentação, ou até mesmo no envase. Assim também é feito com o café, em que os grãos são infusionados a seco com lúpulo em flor, antes da torra. Exatamente por isso, o nome da linha de cafés lupulados do Franck’s Ultra Coffee é Dry Hopped, e é identificada na embalagem com a cor verde.
Para quem quiser experimentar essa novidade, a Espresso Station, loja conceito da Franck’s Ultra Coffee oferece diversos métodos manuais de extração, entre eles Hario V60, Clever, Chemex, Aeropress, Aram, ROK e French Press. “Existem vários métodos interessantes que ressaltam as características do café, mas os meus favoritos são os métodos de infusão, como a prensa francesa e o Clever”, detalha o especialista.
Serviço
Local: Espresso Station (Avenida Anita Garibaldi, 775- Ahú)
Horário: De segunda a sexta, das 10h às 19h, e aos sábados, das 14h às 19h

Tamie Ono Lor
Tamie Ono Lor
Tamie é jornalista e possui especialização em Novas Tecnologias da Comunicação. Ela está sempre querendo absorver um pouco do mundo que a cerca, de preferência com uma câmera na mão. A oriental respira cultura e seu trabalho é também sua diversão.