Restaurant Week


Restaurant Week é sinônimo de bons restaurantes por um preço bacana. Se prepare que a 16ª edição do Curitiba Restaurant Week começou e vai até o dia 17 de setembro. O festival reuniu 45 restaurantes que oferecem cardápios exclusivos com opções de entrada, prato principal e sobremesa a preços fixos. No almoço é R$ 43,90 + R$ 1 de doação para a manutenção do Hospital Pequeno Príncipe, totalizando R$ 44,90; Já para o jantar, o valor é de R$ 54,90 + R$ 1 de doação, somando um total de R$ 55,90.
Para esta próxima edição, os restaurantes tiveram como tema Temperos do Quintal com o objetivo de valorizar os ingredientes. “O intuito é colocar às mesas dos principais restaurantes de Curitiba, pratos que instiguem a criatividade dos chefs em trabalhar com os temperos conhecidos pelos curitibanos, aproveitando o festival para mostrar novidades da gastronomia”, afirma Fernando Reis, porta-voz do festival no Brasil.
Confira os restaurantes participantes:
Anarco
Armazém 71
Armazém Português
Armazém Santo Antonio
Babilônia Gastronomia – Batel
Babilônia Gastronomia – Cabral
Badida
Badida – Park Shopping Barigui
Bar do Victor – Praça da Espanha
Bar do Victor – São Lourenço
Bistrô do Victor
Bistrot L’Épicerie
C La Vie
Cantina do Délio
Cantina Fadanelli
Canto do Monge
Casa Varela
Cenacolo
Ernesto
Karbonell Alto da XV
L’Entrecôte de Paris
Le Réchaud
Madero – Batel
Madero – Cabral
Madero – Champagnat
Madero – Comendador
Madero – Jardim Social
Madero – Palladium Curitiba
Madero – Pátio Batel
Madero – Shopping Estação
Madero – Sports Bar
Mezanino das Artes
O Limoeiro
Olivença
Petiscaria do Victor
Petit Château
Pimenta Brasserie
Restaurante Ibérico
Scavollo
Swadisht Cozinha Indiana
Tartuferia San Paolo – Reserva obrigatória
Terra Madre
Thai
Vin Bistrô – Reserva obrigatória
Zapata Mexican Bar
Serviço
Curitiba Restaurant Week:
Data: De 21/08 a 17/09/2017
Valor: Almoço R$ 44,90 e jantar R$54,90

Tamie Ono Lor
Tamie Ono Lor
Tamie é jornalista e possui especialização em Novas Tecnologias da Comunicação. Ela está sempre querendo absorver um pouco do mundo que a cerca, de preferência com uma câmera na mão. A oriental respira cultura e seu trabalho é também sua diversão.