As Aventuras da Pia Fraus

Hoje, 18, começa mais uma semana de atrações no Guritiba. O Festival de Curitiba apresenta As Aventuras de Bambolina, Gigantes do Ar, Bichos do Brasil e Filhotes da Amazônia, que são espetáculos da Companhia Pia Fraus. As peças fazem parte da Semana Brasil em Forma de Bonecos do Guritiba, evento voltado ao público infantil, que segue em cartaz até o final do mês, com apresentações no ParkCultural.

A Pia Fraus tem como base a criação de espetáculos de manipulação de bonecos com pouco uso da palavra. É um dos principais grupos de teatro e circo em atuação no país. Em seus 22 anos de existência já se apresentou em mais de 17 países além de diversos estados brasileiros, reconhecida com diversos prêmios nacionais e internacionais.

Bambolina, a estrela da primeira peça, é uma boneca de pano como outra qualquer, que vive sem problemas com sua dona, até o dia em que vai parar no olho da rua.  Depois de muitas aventuras, finalmente encontra seu verdadeiro destino, e se transforma em estrela de um grupo de teatro de manipulação de bonecos. Codiretor da peça e criador da Pia Fraus, Beto Andretta diz que “foi a primeira vez que encontramos um texto visual sem palavras, com conteúdo profundo e poético”. “E ainda por cima com a presença de uma boneca como personagem principal”, completa, sobre o livro homônimo da peça, de autoria de Michele Iacocca, que colaborou com a criação da montagem teatral.

O espetáculo é pautado no trabalho corporal dos atores, na composição de cada personagem e, principalmente, na relação destes com Bambolina, tentando aproximá – los o máximo possível do que foi desenhado no livro.   A manipulação do cenário também cria uma coreografia à parte, por ser formado por painéis que se encaixam como em um grande livro cujas páginas são possíveis de se arrancar e deslocar pelo palco.

Gigantes do Ar, por sua vez, é a reunião de “sketches” inspiradas nas populares apresentações de circo-teatro e nos animais de circo e seus amestradores. Palhaços, trapezistas e bonecos infláveis gigantes se encontram em uma atmosfera de humor e poesia circense. Um elefante azul de 5 metros de altura, três girafas, leões e um casal de cangurus, são algumas das atrações do espetáculo, que é um verdadeiro “circo“ a céu aberto.

Bichos do Brasil nasceu da vontade de mostrar a riqueza da fauna brasileira através de recursos plásticos. Pautado nos bonecos, na música e na coreografia, cria o ambiente da mata sem exigir um comportamento humano de seus personagens.  São bonecos feitos a partir de materiais naturais, cujas formas são estabelecidas por cabaças, que ganham novo tratamento e cores diversas, buscando dar uma abordagem contemporânea a elementos rústicos.

A idéia central do espetáculo Filhotes da Amazônia é a relação dos pais com seus filhotes, tanto entre os animais como entre os seres humanos, mostrando a proximidade existente nas relações entre pais e filhos de qualquer espécie. Os quadros do espetáculo apresentam histórias que revelam diferentes facetas a partir dessa situação.

O cenário parte de referências indígenas e da natureza: uma tartaruga gigante, com 3,5m de altura e 5m de comprimento serve de palco para a manipulação de todos os bonecos. Esta estrutura, coberta por palha e formada por diversas aberturas e portas, possibilita que o cenário mude totalmente a cada seqüência de cenas.

Programação
Dia 18 – As Aventuras de Bambolina; 19h45
Dia 19: Gigantes do Ar; 19h45
Dia 20: Bichos do Brasil; 16h
Dia 21: Filhotes da Amazônia; 16h

Tamie Ono Lor
Tamie Ono Lor
Tamie é jornalista e possui especialização em Novas Tecnologias da Comunicação. Ela está sempre querendo absorver um pouco do mundo que a cerca, de preferência com uma câmera na mão. A oriental respira cultura e seu trabalho é também sua diversão.