O velho e alguns escritos

Nesta quarta-feira, 17 o do jornalista e poeta Zeca Corrêa Leite lança o livro “O velho e alguns escritos” na Livraria da Vila, no Pátio Batel. O título da obra evidencia o poema de abertura que ocupa 31 das 102 páginas do volume. É a narrativa de um homem em idade avançada que caminha para dentro de si, trazendo à tona certezas e fragilidades.
A princípio aparentemente ranzinza e insensível (“não quero que venham sentar-se à mesa para me fazer companhia”), este acaba se revelando o oposto, à medida que se desnuda nas confissões. Não é uma tarefa fácil: contradições, lirismo e fantasia misturam-se em sua personalidade.
No livro o autor explica ter escrito O velho para o ator Emilio Pitta, que certa vez lhe pedira alguns textos, mas não foi atendido. Porém, anos depois a convite da atriz Silvanah Santos, produziu um conjunto de poemas que deram origem ao monólogo Quinhentas vozes, peça premiada em seis categorias com o Troféu Gralha Azul. Para saldar a dívida com Pitta, dedicou-se à criação de um único e longo poema, feito na mesma época em que produzia os textos para Silvanah. O velho e alguns escritos traz ilustrações de Heliana Grudzien e apresentação do jornalista José Carlos Fernandes, que diz: “Tomara a palavra ‘noturno’ sirva para definir a atmosfera dessa soma de versos”. Para Fernandes as páginas do livro refletem antes de tudo seu autor.

Serviço
“O velho e alguns escritos”, de Zeca Corrêa Leite
Data: 17/05/2017
Horário: 19 horas às 21h30
Local: Livraria da Vila (Avenida Batel, 1868 – Pátio Batel)
Gratuito

Tamie Ono Lor
Tamie Ono Lor
Tamie é jornalista e possui especialização em Novas Tecnologias da Comunicação. Ela está sempre querendo absorver um pouco do mundo que a cerca, de preferência com uma câmera na mão. A oriental respira cultura e seu trabalho é também sua diversão.