Perché mi piace – a vida com Elas

A Liquori Café Gourmet recebe neste sábado, 08, o lançamento do Perché mi piace – um livro com mais de 45 autoras, nenhuma delas escritora profissional. A única relação entre si é serem de algum modo próximas à organizadora, Maria Letícia de Oliveira Reis.
Cansada da fórmula postulada de que mulher não é amiga de mulher, ou de ser lembrada de que uma mulher quando fala a outra mulher tem sempre algo desagradável a dizer, reuni todas as de que gosto e que admiro. Para lhes falar, para lhes convidar a dizer o que pensam. Para que escrevessem o que quisessem”, destaca Maria Letícia.
Perché mi piace, publicado pela Calligraphie Editora, é um livro um tanto quanto diverso, para não dizer, em alguns momentos, desigual. “O que encontramos é uma grande variedade de assuntos, formas e qualidade de escrita, desde cartas, contos, ensaios e poesias. Variedades que produzem no leitor a deliciosa sensação de estar numa roda, ouvindo histórias, talvez uma fogueira e muito vinho”, destaca.
Um dos temas que se repetem entre os textos diz da urgência de uma nova forma de socialização que não mais se estruture através de relações de rivalidade entre as mulheres. Não se trata de prescindir da rivalidade, afeto tão humano que passa por cima de qualquer diferenciação de gênero, mas de novas configurações de vínculo que não tenham na rivalidade o seu motor. Nesse sentido, trata-se de um livro propositivo, que pulsa, desde a proposta, essa nova forma de enlaçamento feminino para além das posições estruturadas pelo patriarcado. Um livro que nos pergunta sobre a potência que pode ser a vida diante da desconstrução das velhas formas machistas de organização social e subjetiva. Afinal, carrega a marca de uma resistência político-afetiva frente aos difíceis tempos que o mundo, e particularmente o Brasil, está atravessando, e não apenas em termos claramente políticos, mas também nesse clamor e produção de novas formas de vínculo entre as mulheres que questionam toda uma ordem sócio-histórica. “Se lembrarmos que o discurso vencedor nas eleições presidenciais de 2018 foi o de um retorno sintomático a uma época mítica de uma autoridade masculina potente e viril, este livro traz a lufada de uma nova forma de política dos afetos, que não trabalha mais com fronteiras rígidas entre a culinária e Marielle Franco, nuances da vida e feminismo negro. O que segura essa obra de pé é, afinal, a vida com elas: a potência do convite ao feminino”, conclui.


Serviço
Data: 08/06/2019
Horário: 15h
Local: Liquori Café Gourmet ( R. Comendador Araújo, 534 – Centro)

Tamie Ono Lor
Tamie Ono Lor
Tamie é jornalista e possui especialização em Novas Tecnologias da Comunicação. Ela está sempre querendo absorver um pouco do mundo que a cerca, de preferência com uma câmera na mão. A oriental respira cultura e seu trabalho é também sua diversão.