A vibe de Lagum

Crédito: Fábio Torres/Em Cartaz

O estilo good vibe tem tomado conta das plataformas digitais, das rádios e da escolha do público jovem. No sábado, 10, não foi diferente com o show da banda Lagum na Ópera de Arame.

O público curitibano lotou o espaço para ver os meninos mineiros apresentarem o seu novo disco “Coisas da Geração”, lançado em junho.

O grupo que possui cinco anos de carreira, indicação nos prêmios Multishow e Meus Prêmios Nick, jantar apresentou algumas vezes em Curitiba, mas desta vez o teatro surpreendeu a banda.

Crédito: Fábio Torres/Em Cartaz

A banda começou o show com “Destesto Despedidas” presente no último álbum do grupo. Em seguida foi a vez “Bem Melhor”, “Bagdá” e “Oi”.

O repertório misturou trabalhos anteriores e também do novo disco como “Samba”, “Reggae Bom”, “Não Vou Mentir”, “Telefone” e “Não Valho Nada”.

O show não poderia terminar sem “Deixa”, “Chegou de Manso” e “Lua”.

Crédito: Fábio Torres/Em Cartaz

Show de abertura ficou sob responsabilidade da banda curitibana Jovem Dionísio que misturou canções próprias com covers de Charlie Brown Jr.

Tivemos a chance de conversar com a banda sobre a nova geração de artistas brasileiros, a estratégia de divulgação do trabalho e a importância de se apresentar em Curitiba. Confira:

Tamie Ono Lor
Tamie Ono Lor
Tamie é jornalista e possui especialização em Novas Tecnologias da Comunicação. Ela está sempre querendo absorver um pouco do mundo que a cerca, de preferência com uma câmera na mão. A oriental respira cultura e seu trabalho é também sua diversão.