A vida é uma forma de experiência

Por Eduardo Leprevost

Curitiba recebeu na noite do último dia 07, na Ópera de Arame, o cantor e compositor Jorge Vercillo. E como esperado, o músico deu show de simpatia, talento, atenção e sinceridade para um público fiel às músicas e ao artista.
A turnê se chama “A Experiência” e Vercillo contou ao Em Cartaz o motivo da escolha desse nome. “Quero que o público tenha uma vivência, uma experiência mais próxima com a música em geral. Já existe uma relação de carinho, de muitos anos, da minha música com a vida das pessoas, então, a ideia é essa, de transmitir uma experiência mais intensa, seja através de um coro, ou de cantar junto, bater uma foto, dançar ou de se emocionar. A vida é uma forma de experiência”.
O cantor ainda apresentou uma música inédita chamada “Minhas Escolhas”, a qual tem um viés mais político. Questionado sobre o tema, Vercillo ressaltou a importância dos artistas se expressarem politicamente. “É primordial que os artistas que possuem uma visão diferenciada – nem melhor e nem pior – mas um pouco mais sensível, se exponham, falem. O artista é um formador de opinião e, acima de tudo, um cidadão”.
Com uma apresentação de quase 2 horas de duração e 23 músicas no setlist – incluindo do primeiro álbum, Encontro das Águas (1994), até do mais recente, Vida é Arte (2015), Jorge Vercillo alcançou o objetivo proposto: o de criar uma atmosfera de interação e vivência entre público e artista definida pela ‘Experiência’ musical.

(Crédito: Eduardo Leprevost)

Eduardo Leprevost
Eduardo Leprevost

Eduardo V. Leprevost, o “Duds”, é jornalista e advogado. Com 13 anos de idade descobriu o Heavy Metal e desde então criou interesse não só pelo gênero, mas, também, pelo mundo do Pop e Rock em geral. A música, literatura e o cinema são suas paixões, bem como o universo geek, e sempre que pode participa de encontros e eventos do tema.