Bonnie Tyler

O Teatro Positivo recebe a cantora galesa Bonnie Tyler, no dia 17 de maio, às 20 h, com a turnê comemorativa dos 50 anos de sua carreira lançando o álbum Between the Earth and the Stars.

Neste show, a diva estará revivendo sucessos como a balada Total Eclipse Of The Heart, It’s A Heartache e outros. O novo álbum também possui três emocionantes duetos com Rod Stewart, Cliff Richard e Francis Rossi. O show é realizado pela Orth Produções.
Tyler que depois seis anos retornou ao estúdio para a gravação deste novo álbum relata o processo de concepção “Eu já me apresentei em todo o mundo e ainda amo subir ao palco e divertir meus fãs fantásticos! Era a hora certa de voltar ao estúdio, mas queria marcar 50 anos de atuação com algo realmente especial. E fiz exatamente isso: o novo material em Between the Earth and the Stars está incrível!
E é com a turnê deste novo álbum que a musa está percorrendo vários países do mundo celebrando o jubileu de sua carreira, que marcou na memória das pessoas verdadeiros clássicos, saudosos, embalando muitos jovens romances. Além da enérgica, desesperada e intensa “Total Eclipse Of The Heart”, seu maior sucesso, outros hits inesquecíveis e que marcaram época tem a característica de sua voz rouca e potente, a balada Holding Out For a Hero, usada como trilha sonora nos filmes Footloose e Sherek 2. Além de Lost in France seu primeiro single e Here She Comes, que foi até indicada ao Grammy. Em 1987, a cantora já no auge da fama, fez um dueto com o cantor brasileiro Fábio Júnior na canção “Sem Limites para Amar”.
A nova turnê passará por cinco cidades do Brasil: Goiânia, Porto Alegre, São Paulo, Florianópolis e Curitiba.

Serviço

Bonnie Tyler apresenta turnê comemorativa dos 50 anos de carreira

Data: 17/05/2019

Horário: 20 h

Local: Teatro Positivo, Grande Auditório (R. Prof. Pedro Viriato Parigot de Souza, 5300)

Classificação etária: 12 anos

Tamie Ono Lor
Tamie Ono Lor
Tamie é jornalista e possui especialização em Novas Tecnologias da Comunicação. Ela está sempre querendo absorver um pouco do mundo que a cerca, de preferência com uma câmera na mão. A oriental respira cultura e seu trabalho é também sua diversão.