Festa da Uva

Colombo está em festa! Até o dia 09 de fevereiro acontece a tradicional Festa da Uva. A 55ª edição terá show com Chitãozinho e Xororó e Atitude 67 e é uma comemoração aos 130 anos de emancipação política de Colombo.

Chitãozinho e Xororó desembarca em Colombo, dia 09, com a turnê Evidências. A música considerada umas das canções sertanejas mais famosas, o hit virou referência dos anos 90. Agora, quase 30 anos depois de sua primeira gravação, a dupla resolveu homenagear este grande sucesso nomeando a turnê de “Evidências”.

Quando José Augusto e Paulo Sérgio Vale fizeram a música, ela foi considerada ruim por muitas produtoras e empresários. Então José Augusto nos entregou uma fita com várias músicas, incluindo “Evidências”. Nós ouvimos no carro indo para São Paulo e quando escutamos a canção nos emocionamos na hora”, conta Chitão. “Pensamos bastante no formato do novo show e já passou da hora de transformar este grande sucesso em turnê. Esperamos que marque época, assim como a música”, complementa Xororó.

Neste show, a dupla apresenta ao público seus grandes sucessos como: “No Rancho Fundo”, “Fio de Cabelo”, a emocionante “Se Deus Me Ouvisse” e “Nuvem de Lágrimas”. Terá também uma volta ao passado com: “Fogão de Lenha” e “Chovendo na Roseira”. Mas com certeza o grande ápice será “Evidências”, que tem um papel importante dentro da apresentação. “A escolha do repertório é sempre difícil, temos muitas músicas que nunca queremos deixar de fora, explica a dupla.

Além dos shows, haverá uma praça gastronômica com diversas opções e comida típica italiana. Produtos coloniais, feira agrícola e artesanato também estarão disponíveis para os visitantes.

Serviço

Chitãozinho & Xororó na Festa da Uva
Data: 09/02/2020

Horário: a partir das 22h

Local: Parque da Uva (R. Mal. Floriano Peixoto, 8771 – Colombo)

Tamie Ono Lor
Tamie Ono Lor
Tamie é jornalista e possui especialização em Novas Tecnologias da Comunicação. Ela está sempre querendo absorver um pouco do mundo que a cerca, de preferência com uma câmera na mão. A oriental respira cultura e seu trabalho é também sua diversão.