Isolamento inspira composição

Ninguém irá esquecer o período em que estamos vivendo. A pandemia parou o mundo e muitos precisaram se reinventar para continuar a trabalhar.

O cenário cultural é um dos mais afetados por conta do COVID-19. Como precisamos nos isolar, todos os eventos que geram aglomeração estão cancelados e sem previsão de volta. Este momento de pausa forçado fez com que muitos músicos aproveitassem o período de isolamento para compor e vários artistas lançaram miosina que reflete o momento em que estamos vivendo.

Henrique Ventura

Henrique Ventura lançou durante a quarentena o single “Ansiedade” que aborda a necessidade de nos reconectarmos com o lado bom da vida. O cantor curitibano compôs a canção partindo de uma observação sobre a sensação de ficar em casa, lidando com questões como a ociosidade, as atribuições pessoais e profissionais, e o sentimento que decorre destes fatores e transformou em música como forma de acalentar e ajudar as pessoas.

A música faz acontecer coisas que fogem da razão, elas despertam a emoção, a junção dos elementos musicais faz as pessoas se reconectarem com o próprio sentimento. Este período de isolamento pode ajudar as pessoas neste sentido, e a compreenderem melhor qual o papel da cultura em nossas vidas”, explica.

Laura Dalla


A cantora curitibana Laura Dalla também aproveitou o momento em que estamos vivendo para apresentar novidades na sua carreira musical. O novo single “Coisa Linda”, composição em parceira com Gabriel Zoldan, foi lançada hoje (21) e versa sobre desejos, liberdade e sentimentos opostos que envolvem força e resiliência diante das dificuldades. Ela conta que a letra trata de resiliência: “Fala também de opostos que você precisa integrar na sua vida para ser uma pessoa forte. Entender que cada pessoa tem um pedaço luz e um pedaço sombra. De não desistir, abrir sua janela e deixar o sol entrar. É uma mensagem por dias melhores”, acredita.

Laura percebe que o crescente interesse do público acontece por conta de suas letras positivas. “Eu quero muito ajudar as pessoas com a música por isso as minhas letras falam de amor próprio, gentileza, sobre a mudança do ser humano. As pessoas que gostam de mim e precisam desse carinho das letras. São pessoas ligadas a arte, que não importa a idade, precisam de uma palavra de incentivo”, finaliza.

Julia Mestre


Julia Mestre, uma das apostas da nova MPB, transformou sua rotina da quarentena em música. Em parceria com João Gil (neto de Gilberto Gil), Cores e Nomes foi produzido em home estúdio com imagens filmadas pela própria artista em seu período de isolamento social.

A canção é uma versão da banda Gilsons e agora Júlia apresenta a sua adaptação com imagens do seu cotidiano durante a quarentena. “O clipe é uma colagem de lembranças, um portal para a nova realidade. São vídeos e fotos caseiras da minha quarentena, um paralelo entre a cidade e o campo, prisão e liberdade“, conta Júlia.

Entre brincadeiras de edição, sobreposição de fotos e memórias, o clipe convida a olhar pra dentro e questionar: por que nos sentimos tão sozinhos?

Bortoti

O músico Bortoti criou o projeto “Quarentena Cultural” para amenizar  a saudade do palco e do público. Ele se juntou com amigos para produzir produzir conteúdo como o “Diário de uma Rotina”, compartilhando parte das coisas que estão fazendo durante o isolamento social, como a criação de música, videoclipes e poesia.

Tive que me adaptar a uma nova situação, criar conteúdos de casa fez muita coisa acontecer também”, declara.

As canções também surgem do dia a dia e ressalta que tudo na vida acontece por um motivo e tem seu lado bom. Como é o caso da música “Rotina” que teve um clipe gravado com imagens domésticas.

Carlinhos Brown


Carlinhos Brown foi outro músico que está aproveitando a quarentena para lançar um álbum infantil com músicas compostas durante a quarentena.

O disco “Paxuá e Paramim em: A floresta dos rios voadores” é composto por de canções como manifestos de esperança.

Compostas, em sua maioria, durante a pandemia, as músicas serão mostradas em live infantil do artista no sábado (22), com transmissão no YouTube.

Renan Inquérito


O rapper Renan Inquérito se prepara para o lançamento do seu trabalho “I(SOL)amento” com músicas sobre o isolamento social. O disco completo será lançado apenas em setembro, mas o músico já lançou o clipe “Saudade do Futuro” que reflete a confrade de sair do momento em que estamos vivendo e caminhar para o futuro, mesmo que desconhecido.

Danielle Mei
Danielle Mei
Danielle é formada em Jornalismo e mestre em Comunicação. A alemã que ensina inglês gosta mesmo é de ler e ouvir música boa, mas quando precisa escreve sobre diversos estilos culturais.