Lulu Santos

(Crédito: Leo Aversa)

Lulu Santos ficou um ano e meio longe dos palcos, mas em abril ele estreia sua nova turnê, intitulada “Canta Lulu”, que vai passar por Sorocaba, São José dos Campos, Florianópolis, Porto Alegre e Curitiba. A apresentação na capital paranaense acontece dia 27 de abril no Auditório Bento Munhoz da Rocha Netto – Guairão.
O show mostra o artista em sua melhor forma: entoando grandes sucessos da carreira e hits que marcaram – e marcam até hoje – gerações. Lulu retorna aos palcos com um show enérgico, pensado nos mínimos detalhes, para matar a saudade do público. “O palco é o lugar onde a gente vive o que imagina, onde de alguma forma a gente faz a mágica de transformar o real em fabuloso. Francamente, estar em cena é melhor que a melhor festa que eu já tenha ido, e nós somos a alegria da festa”, afirma Lulu, que festeja em 2018 nada menos que 45 anos de uma carreira consistente e sempre relevante no cenário musical.
No palco da turnê “Canta Lulu”, com cenografia de Karen Araújo, o cantor desfila hits que estão na boca do povo desde sempre. São clássicos como “Toda Forma de Amor”, “Temos Modernos”, “Apenas Mais Uma de Amor” e “Como uma Onda”, além de canções de seu mais recente projeto, “Baby Baby!”, com releituras de músicas da grande Rita Lee, a exemplo de “Nem Luxo, Nem Lixo” e “Desculpe o Auê”.
Sempre cercado de gente talentosa, Lulu traz em sua banda os músicos Hiroshi Mizutani nos teclados e programações, Sérgio Melo na bateria, Jorge Aílton no baixo e Tavinho Menezes na guitarra.
Serviço
Turnê “Canta Lulu”
Data: 27/04/2018
Horário: 21h15
Local: Auditório Bento Munhoz da Rocha Netto – Guairão
Ingressos: R$: PLATEIA Filas A, B e C (inteiras) e D (central): R$ 340,00 ; Filas D (laterais), E, F e G (inteiras): R$ 320,00 ; Filas H até V (inteiras): R$ 300,00; 1º BALCÃO Filas A a C: R$ 280,00; Filas D a I: R$ 260,00; 2º BALCÃO Filas A a C: R$ 240,00; Filas D a H: R$ 220,00 + R$ 6,00 de taxa adminstativa.

Tamie Ono Lor
Tamie Ono Lor
Tamie é jornalista e possui especialização em Novas Tecnologias da Comunicação. Ela está sempre querendo absorver um pouco do mundo que a cerca, de preferência com uma câmera na mão. A oriental respira cultura e seu trabalho é também sua diversão.