Orquestra de Câmara da Cidade de Curitiba

(Crédito: Alice Rodrigues)

A Capela Santa Maria Espaço Cultural recebe a Orquestra de Câmara da Cidade de Curitiba que comemora os os 130 anos de nascimento do maestro Heitor Villa-Lobos e os 90 anos do pianista Osvaldo Lacerda. As apresentações têm a direção musical do spalla Winston Ramalho e acontecem neste final de semana.
São dois compositores brasileiros que não poderiam passar pela temporada 2017 da Orquestra sem receber destaque”, ressalta Winston Ramalho. “A gente tem o dever de sempre lembrar os grandes músicos do nosso país, fazer com que eles não caiam no esquecimento e reforçar a nossa identidade cultural”, afirmou o diretor musical.
Abre o programa a obra “Quarteto de cordas nº 1 Op. 50”, de Heitor Villa-Lobos (1887-1959). O maestro e compositor é o maior expoente da música erudita no Brasil. Suas peças são executadas no circuito dos mais prestigiados teatros europeus e americanos. Durante sua vida, criou cerca de mil obras entre cirandas, choros, sinfonias, música de câmara, óperas e outros gêneros musicais. Em tudo o que compôs imprimiu uma marca de brasilidade.
De Osvaldo Lacerda (1927-2011) será executada a obra “Quatro peças modais para orquestra de cordas”. Lacerda é o compositor contemporâneo brasileiro que tem o maior percentual de sua obra dedicado à canção de câmara. Preocupa-se em explorar o caráter nacionalista, perpetuando em música as variações das diversas manifestações folclóricas e religiosas, além de contos populares e textos de poetas nacionais.
Serviço
Orquestra de Câmara da Cidade de Curitiba
Data: 11 e 12/08/2017
Horário: sexta-feira às 20h e sábado às 18h30
Local: Capela Santa Maria Espaço Cultural (R. Conselheiro Laurindo, 273)
Ingressos: R$ 30 e R$ 15 (meia-entrada)

Tamie Ono Lor
Tamie Ono Lor
Tamie é jornalista e possui especialização em Novas Tecnologias da Comunicação. Ela está sempre querendo absorver um pouco do mundo que a cerca, de preferência com uma câmera na mão. A oriental respira cultura e seu trabalho é também sua diversão.