18 anos do Antropofocus

(Crédito: Paulo Feitosa)

O grupo Antropofocus está completando 18 anos de atividades ininterruptas e a celebração conta com a apresentação do espetáculo “No Dia Seguinte – A Quase História Da Teve Brasileira” no Festival de Curitiba, nos dias 03 e 04 de abril, no Teatro Fernanda Montenegro. Para celebrar sua maioridade irá circular com seus espetáculos de repertório no decorrer do ano de 2019, além de uma nova montagem com estreia nacional prevista para novembro.
Desde a sua fundação, no ano 2000, o Antropofocus dedica-se a observar o ser humano e seu comportamento no cotidiano, sabendo que todas as suas ações podem ser consideradas cômicas, dependendo do prisma pelo qual é observado. Esta premissa inicial instigou o grupo a explorar diferentes formas de comicidade, que podem ser reconhecidas no repertório de 12 espetáculos produzidos pelo grupo ao longo de sua trajetória.
Em seu mais recente trabalho, tendo como pano de fundo os aspectos históricos do surgimento da televisão no Brasil e como o improviso supria, muitas vezes, a falta de conhecimento técnico sobre esta nova mídia, “No Dia Seguinte – A Quase História Da Teve Brasileira” retrata questões relevantes da atualidade, e propõe uma reflexão sobre a manipulação dos veículos de comunicação, levando ao palco a fictícia estreia da tevê ao vivo no Brasil, uma sátira que mescla informações e lendas sobre a chegada da TV no país, com referência a programas e personalidades da atualidade.
Serviço
Data: 03 e 04/04/2019
Horário: Quarta-feira, às 21h e quinta-feira, às 18h30
Local: Teatro Fernanda Montenegro (Shopping Novo Batel)
Ingressos: 40 (inteira) e 20 (meia entrada)

Tamie Ono Lor
Tamie Ono Lor
Tamie é jornalista e possui especialização em Novas Tecnologias da Comunicação. Ela está sempre querendo absorver um pouco do mundo que a cerca, de preferência com uma câmera na mão. A oriental respira cultura e seu trabalho é também sua diversão.