Adeus, Palhaços Mortos

(Crédito: Victor Iemini)

O Teatro da Caixa recebe a partir da sexta-feira, 31, a peça “Adeus, Palhaços Morto” baseado na obra do romeno Matei Visniec com direção de José Roberto Jardim. O resultado é um espetáculo contemporâneo e provocativo que aborda o próprio fazer artístico.
Três grandes artistas circenses do passado acidentalmente se reencontram, depois de muitos anos, na antessala de uma agência de empregos. Eles sabem que só um será escolhido. Nesse dia, suas amizades, memórias, segredos, pequenezas e vilanias serão expostos, criando, dessa maneira, uma ode ao ofício do ator e uma profunda reflexão sobre os fundamentos filosóficos da carreira artística. A sala de espera desse teste de casting– que nunca acontece – revela-se um não-lugar, um limbo onde essas três figuras se veem condenadas a rever suas escolhas éticas e estéticas, num exercício infinito de reflexão sobre a resiliência do artista, a urgência da Arte e a sacralidade do ofício.
A peça marca a consolidação da parceria artística entre a companhia “Academia de Palhaços” e o diretor José Roberto Jardim, que já trabalharam juntos em diversas ocasiões e configurações, mas que pela primeira vez se encaram como elenco e diretor.
Serviço
Adeus, Palhaços Mortos
Data: De 31/08 a 02/09/2018
Horário: sexta e sábado, às 20h e domingo, às 19h
Local: CAIXA Cultural Curitiba (Rua Conselheiro Laurindo, 280)
Ingresso: R$ 30 e R$ 15 (meia)
Classificação: 12 anos
Mais informações: (41) 2118-5111

Tamie Ono Lor
Tamie Ono Lor
Tamie é jornalista e possui especialização em Novas Tecnologias da Comunicação. Ela está sempre querendo absorver um pouco do mundo que a cerca, de preferência com uma câmera na mão. A oriental respira cultura e seu trabalho é também sua diversão.