Amantes do samba

A peça É Com Esse Que Eu Vou foi apresentada ontem, 01, no Guairão. Enquanto Sassaricando tratava sobre marchinhas de carnaval, a montagem apresentada está fez no Festival apresenta os sambas nascidos nos morros.

Para criar esse espetáculo foi preciso muita pesquisa de Rosa Maria Araújo e Sérgio Cabral junto com o trabalho de Charles Möeller e Claudio Botelho. O musical é um convite para que todos cantem as composições de Herivelto Martins, Ataulfo Alves, Haroldo Lobo, Noel Rosa, Ary Barroso, Roberto Roberti, Klécius Caldas, Wilson Batista, Roberto Martins e outros.

Os sambas foram divididos em dois atos e no conceito de antagonismo que retrata a história social do Brasil: Rico X Pobre, Orgia X Trabalho, Cidade X Morro, Tristeza X Alegria, Solteiro X Casado, Feminismo X Machismo, Briga X Paz e Apologia do Samba.

Em sua estréia na cidade foi possível perceber pessoas mais velhas que puderam relembrar algumas músicas e alguns jovens que sabiam as letras e cantavam junto a cada canção. A peça é longa, 120 minutos, mas em nenhum momento cansativo. Ao final o teatro vira um carnaval com as pessoas em pé, cantando e sambando músicas como “É com esse que eu vou”, “Até Amanhã” e “Alegria”.

Serviço:
Data: 02/04 (última apresentação)
Horário: 21h
Local: Teatro Guairão
Gênero: Musical
Ingresso: R$ 50 (inteira) e 25 (meia)

Tamie Ono Lor
Tamie Ono Lor
Tamie é jornalista e possui especialização em Novas Tecnologias da Comunicação. Ela está sempre querendo absorver um pouco do mundo que a cerca, de preferência com uma câmera na mão. A oriental respira cultura e seu trabalho é também sua diversão.