Entrevista com o ator Maicon Santini

Maicon Santini é ator e comediante. O jovem estará nos palcos durante o Festival de Curitiba com as peças Gasparzinho, o Fantasminha Camarada e Werther de Goethe. Além disso, Maicon está na rádio 98 FM, no programa Dia Lindo às sete de manhã, com Edinho Ploc Ploc.

Hoje, 22, quem quiser poderá conferir o stand-up de Maicon no Riso Solidário, evento beneficente para ajudar o litoral paranaense, junto com Fábio Silvestre, Allison Diniz, entre outros no Curitiba Comedy Club.

Maicon Santini se apresenta hoje no Riso Solidário

Como surgiu a ideia de fazer um stand-up beneficiente, para ajudar os moradores do Litoral que sofreram com o mal tempo?

A ideia partiu do comediante e amigo Alisson Diniz. Ele gostaria de fazer o show beneficente, e para juntar forças, convidou outros 10 humoristas, dentre eles eu, Fábio Silvestre, Rodolfo Pereira, entre outros, para tornar a noite mais divertida e especial para o público, e ajudar a todos que foram afetados no litoral do nosso Estado. O Bar Curtiba Comedy Club, entrou como parceiro, cedendo o espaço e ajudando na divulgação e organização do evento. Alguns patrocinadores do bar também irão colaborar, como a Spaipa que, para cada cerveja consumida na noite, irá doar um litro de água.

Os temas e piadas dos stand-ups serão diferenciados para esse evento?

Será uma noite especial. A nossa intenção será apenas divertir o público e pra isso a gente sempre busca novos assuntos e piadas, então estamos sempre inovando!

Como surge um personagem para o stand-up, como a Xexa?

Surge do dia-a-dia, do cotidiano, das notícias do telejornal, das celebridades. Tentamos sempre ver com bom humor os pequenos detalhes de nossas vidas. A personagem baseada na Xuxa, por exemplo, a Xexa, que se diz ser irmã gêmea falida da apresentadora infantil, surgiu de uma paixão de criança. Quando eu era pequeno sempre assistia a Xuxa em, seus tempos áureos da televisão brasileira, então resolvi brincar com isso.

No Festival de Teatro você também estará em cartaz com algumas peças como: Gasparzinho, o Fantasminha Camarada e Werther de Goethe, quais outras você indica para quem quiser comparecer ao Festival?

Eu indico todas. Claro que se forem nas minhas, ou nas da Cia Máscaras de Teatro, melhor. (risos) Mas teatro sempre é legal, seja drama ou comédia, o importante é a população de Curitiba valorizar a arte local e este evento tão importante a nível de Brasil. Não dá pra perder. Tem atrações pra todos os gostos e bolsos. Werther, meu monólogo, fará apenas quatro apresentações e eu ainda estarei no Show do Ahnão, um show de humor do ator Claudinho Castro, nosso anãozinho.

Qual a sua expectativa para o Festival de Curitiba?

Nossa expectativa é sempre grande, tanto com o público como com a organização do evento que às vezes deixa a desejar em relação a nós artistas locais. Mas como disse, é uma festa este festival em nossa cidade e a grande atração é a arte. Não dá pra ficar de fora!

Serviço:
Riso Solidário
Data: 22/03
Horário: 21 horas
Local: Curitiba Comedy Club
Ingresso: 5 KG de alimento não perecível ou R$ 20,00

Gasparzinho, o Fantasminha Camarada
Data: 2, 3, 9 e 10 de março
Horário: 16 horas
Local: Teatro Fernanda Montenegro
Ingresso: R$ 20,00 (inteira) e 10 (meia)

Werther de Goethe
Data: de 31 a 3 de abril
Horário: 21:00
Local: Teatro João Luiz Fiani
Ingresso: R$ 30,00 (inteira) e 15 (meia)

Tamie Ono Lor
Tamie Ono Lor
Tamie é jornalista e possui especialização em Novas Tecnologias da Comunicação. Ela está sempre querendo absorver um pouco do mundo que a cerca, de preferência com uma câmera na mão. A oriental respira cultura e seu trabalho é também sua diversão.