Informações do Festival

Hoje acontece a abertura do Festival de Curitiba e você já pode ir se preparando.

Alteração na programação: ´Uma Noite na Lua´ substitui ´Kiss & Cry´

O espetáculo Uma Noite Na Lua, sucesso do autor João Falcão, vai substituir a montagem belga Kiss & Cry na programação da Mostra do Festival de Curitiba. Protagonizado pelo ator e humorista Gregório Duvivier, Uma Noite na Lua será apresentado exclusivamente no dia 27 de março (quarta-feira), às 21h, no Guairão. Na quinta-feira (28-03) não haverá sessão.

O espetáculo belga não virá ao Brasil devido a problemas no transporte do cenário, causado por questões logísticas da produção e aduaneiras.
Quem adquiriu ingressos para ´Kiss & Cry´ tem as seguintes opções:

– Pode trocar o ingresso por outro ingresso da Mostra 2013. Para quem fizer essa opção, a organização do Festival de Curitiba oferece um presente: um vale ingresso válido para qualquer outra peça da Mostra 2013. Cada ingresso, no caso, poderá ser trocado por dois.
– Solicitar o ressarcimento do valor integral pago no ingresso nas bilheterias do Festival até o dia 07 de abril.

As trocas e ressarcimentos poderão ser feitas até dia 07-04 nos quiosques do Festival de Curitiba no Shopping Mueller e Palladium Shopping Center; e até dia 28-04 no ParkShopping Barigui.

O Festival ainda que entrará em contato com todos os clientes, por email, conforme informações de cadastro na hora da compra.

Mais apresentações com ingressos esgotados

Os primeiros dias de apresentação das peças Em Nome do Jogo, O Líquido Tátil e O Médico e o Monstro estão com ingressos esgotados. A boa notícia é que os três espetáculos ainda têm alguns ingressos para a segunda noite.

Na comédia Em Nome do Jogo, um famoso escritor de romances policiais convida o amante de sua esposa para um encontro a fim de propor um golpe baseado num jogo de encenação do qual ambos sairiam lucrando, mas o plano desencadeia uma batalha de gênios com resultados inesperados. Ainda há ingressos para o dia 31 de março, às 19h, no Guairão.

Já o drama O Líquido Tátil, montagem do grupo mineiro Espanca! Com direção do argentino Daniel Veronese, retrata um núcleo familiar no qual se dialoga sobre as artes, o ato teatral, e os desejos inconscientes que perseguem o homem. A apresentação de 28 de março, às 21h, no Teatro Paiol, ainda tem ingressos à venda.

Para o clássico O Médico e o Monstro, na versão de George Osterman, com direção de César Augusto, ainda há ingressos para o dia 6 de abril, às 21h, no Teatro da Reitoria.

Textos de Caio Fernando Abreu inspiram espetáculos do Fringe


Se ao menos dessa revolta, dessa angústia, saísse alguma coisa que prestasse… Dos textos confessionais de Caio Fernando Abreu surgiu inspiração para duas companhias montarem espetáculos dramáticos que chegam a esta edição do Fringe.

De A Confraria Produções Artísticas, o monólogo Dama da Noite, em cartaz no Teatro Cultura dias 29 e 30 de março, adapta para o palco o conto homônimo do escritor gaúcho, protagonizado por uma mulher que vive em tempos indóceis de solidão e decadência.

Também monólogo, O Homem que Acreditava, do Núcleo Rindo à Toa, faz uso das crônicas de Caio Fernando para criar, a partir de diálogos, um espetáculo que conversa sobre o amor, a morte, os medos e as imperfeições da vida. A montagem, com direção de Edson Bueno, será apresentada no Mini-Guaíra, de 30 de março a 02 de abril.

Festa na Ópera celebra abertura do Festival de Curitiba
Convidados de todo o país irão prestigiar a abertura da 22ª edição do Festival de Curitiba nesta terça-feira, 26 de março. A festa começa às 19h e segue noite adentro com uma programação exclusiva na Ópera de Arame. Os presentes vão assistir em primeira mão à superprodução Homem Vertente, que abre as apresentações do Festival, que este ano reúne ao todo mais de 400 espetáculos. Na sequência, um coquetel regado à boa música, embalado pela DJ Bibba Pacheco.

Esgotados os ingressos para Haikai


Haikai, o novo espetáculo de Roberto Alvim que estreia na Mostra 2013, já está com ingressos esgotados para as sessões dos dias 30 e 31 de março. Com elenco formado pelos atores curitibanos Nena Inoue e Paulo Alves, além da carioca Martina Gallarza – e com assistência de direção de Don Correia, de Curitiba –, a peça recupera as pesquisas de Alvim a cerca de suas Dramáticas do Transumano e funciona como um haikai, a forma poética japonesa que tem a síntese como maneira de sugerir infinitos significados.

Antes da estreia na Mostra, Alvim e elenco fazem ensaios abertos de Haikai para imprensa e convidados de segunda (25) a quarta (27/3), sempre às 20h, no Espaço Cênico (R. Paulo Graeser Sobrinho, 305 – São Francisco).

Faca nas Galinhas
Repleto de simbologias e de cenas que mostram muitos lados de uma mulher – doçura, inconformismo, frieza –, a peça Faca nas Galinhas chega a Curitiba para a Mostra 2013. O drama, do autor escocês David Harrower, tem como personagens um humilde casal – ela, uma camponesa simples; ele, um lavrador.

Apaixonado por cavalos, o marido (Cláudio Queiroz) sempre deu mais atenção a eles do que para a própria mulher (Eloisa Elena). A vida de subimissão em relação ao companheiro parecia não ter fim até o dia em que ele sofre um acidente no estábulo e ela é enviada para cobrir a sua falta. No estábulo, a camponesa conhece um moleiro (Thiago Andreuccetti) e vê despertar inquietações adormecidas e reflexões que mudarão completamente o destino dos três.

Faca nas Galinhas tem sessões nos dias 29 e 30 de março no Teatro Paiol.

A regra é improvisar


Um dos destaques do Fringe são as performances de improviso. Criadas na hora, os artistas convidam o público a dar sugestões, transformando espectador em diretor. Neste ano, cinco espetáculos fazem parte da programação. Entre eles, Improvisando, assinada pela Companhia Os Bardoso (SP). Quem realmente conduz a peça, dirigida por Alex Neves, é a plateia, que escolhe o roteiro, as brincadeiras, as situações e improvisa com o grupo uma verdadeira comédia. Dias 29 e 30 de março, às 22h00, no Ambiental Pub.

Os humoristas do programa Amigos da Onça, do SBT, também improvisam no Fringe nos dias 5, 6 e 7 de abril, às 22h10. Allan Benatti, Edu Nunes, Marco Zenni e Murilo Gun têm a missão de fazer a galera rir no Teatro Regina Vogue. O grupo promete ser irreverente no palco.

Outro espetáculo do gênero, Resta 1, apresentado no Teatro Regina Vogue dias 29 e 30 de março, às 22h10, é baseado em um formato internacional de improvisação, reunindo dez atores e dois diretores no palco.

A história de um idoso que tenta recuperar suas memórias é contada na peça No fio da meada – Memórias inéditas de uma vida improvisada, dirigida por Marccão Freire. Mas quem ajuda a conduzir as lembranças é o espectador. Se você quer participar desta história, basta comparecer ao Mini-Guaíra nos dias 6 (21h) e 7 (18h) de abril.

A ideia de lembrar e reviver também está presente no espetáculo Subsolo. A proposta é refletir sobre a possibilidade de rever sua história de vida depois da morte. O que você faria diferente? No Teatro Cultura dias 4, 5 e 6 de abril às 23h59.

Tamie Ono Lor
Tamie Ono Lor
Tamie é jornalista e possui especialização em Novas Tecnologias da Comunicação. Ela está sempre querendo absorver um pouco do mundo que a cerca, de preferência com uma câmera na mão. A oriental respira cultura e seu trabalho é também sua diversão.