Peça de Teatro: Orinoco

Hoje, 28, estreia a peça Orinoco, com direção de Diego Fortes. A companhia curitibana A Armadilha apresenta o seu terceiro trabalho no Teatro Novelas Curitibanas.

A montagem utilizou o texto de Emílio Carballido, considerado o pai da dramaturgia contemporânea mexicana, para contar a história das vedetes Fifi e Mina, interpretadas pelas atrizes Maureen Miranda e Raquel Rizzo.

O grupo aborda as metáforas da obra de Carballido, onde elas representam a batalha que todos travam entre a esperança imaginativa que nos diz que tudo é possível e o sentido de realidade que nos assenta os pés no chão. Fifi é a representação máxima do sonho e do otimismo, enquanto Mina – mais madura e experimentada – é amarga em relação à vida e às perspectivas de futuro.

As duas viajam a bordo do cargueiro Stella Maris para entreter os trabalhadores de um campo petrolífero às margens do Rio Orinoco, na Venezuela. Entre os ensaios dos números musicais e algumas discussões, Mina e Fifi se dão conta de que a tripulação sumiu.

Serviço
Peça Orinoco.
Data: De 28/07 até 28/08 (quinta-feira a domingo)
Horário: 20h
Local: Teatro Novelas Curitibanas (Carlos Cavalcanti, 1.222 – São Francisco)
Entrada franca
Informações: 41 3321-3358

Tamie Ono Lor
Tamie Ono Lor
Tamie é jornalista e possui especialização em Novas Tecnologias da Comunicação. Ela está sempre querendo absorver um pouco do mundo que a cerca, de preferência com uma câmera na mão. A oriental respira cultura e seu trabalho é também sua diversão.