Circuito Cultural Ademilar

A Ademilar conhecida pelo consórcio de imóveis promete agitar a vida cultural de Curitiba. A empresa está investindo na cultura local por meio de um Circuito Cultural. A iniciativa possibilita a realização de projetos artísticos de diferentes gêneros e formatos: como teatro, literatura, música, cinema, entre outras.
Para animar os curitibanos já estão previstos mais de 10 produções que serão apresentadas ao público ao longo de 2017 e no início de 2018, como o espetáculo “Boca Maldita”, que conta as principais histórias de Curitiba em uma comédia, e a Mostra de Literatura do Paraná, que busca valorizar os autores paranaenses.
Na opinião da diretora-superintendente da Ademilar Consórcio de Investimento Imobiliário, Tatiana Schuchovsky Reichmann, a iniciativa está ligada aos valores da empresa e contribui para a riqueza cultural da cidade. “Nós acreditamos que o maior e mais importante investimento que existe é viver, e apoiar a cultura é parte essencial nessa estratégia“, comenta.
O Circuito foi viabilizado via investimentos do Mecenato Subsidiado da Prefeitura de Curitiba, com realização da empresa The Way, especializada em ações de renúncia fiscal e promoção cultural. “O circuito surgiu para convergir diversas ações culturais financiadas pelo mesmo patrocinador. Assim temos mais visibilidade para as marcas dos apoiadores e para a ação pública que fomenta a cultura para expandir o alcance dos projetos”, explica Marcos Cordiolli, sócio da The Way Cultura & Incentivos e coordenador da iniciativa.

Foto: Priscilla Fiedler

Conheça os projetos:
Boca Maldita
O espetáculo “Boca Maldita” transforma em comédia algumas das principais histórias de Curitiba. As apresentações são gratuitas e em parceria com a Fundação Cultural de Curitiba.
Conjunto choro e seresta
O Conjunto Choro e Seresta se apresenta na Feirinha do Largo da Ordem, aos domingos, há 39 anos. O grupo já faz parte de um dos principais pontos turísticos da capital paranaense e se prepara para lançar um novo CD, “Gerações”.
Estrela Leminski e Téo Ruiz
Depois de três anos com o espetáculo “Leminskanções”, Estrela Leminski e Téo Ruiz preparam um novo trabalho a ser lançado ainda em 2017. Serão 12 músicas – cada uma com seu clipe específico – a serem lançadas a partir de abril.
Fandango, Registro Imaterial
O fandango paranaense é uma das manifestações culturais que menos sofreu mutações com o passar do tempo. O circuito abre espaço para apresentações gratuitas da folia e do bailado no mês de outubro.
Litercultura
O Litercultura surgiu há quinze anos e continua trazendo muita informação e conhecimento do mundo da literatura. Durante o evento acontecerão oficinas, rodas de leitura, apresentações e muitos outros eventos.
Mostra de Literatura Do Paraná
A Mostra de Literatura busca valorizar a literatura paranaense. Com isso, traz ao circuito bate-papo com autores, oficina de leitura, ilustração e histórias em quadrinhos.
Musicletada
A 9ª edição do Musicletada abre o mês da bicicleta em Curitiba. A programação multidisciplinar também integra o Circuito Cultural Ademilar.
No Beco Do Amor Perdido
A fobia social é retratada na peça “No Beco do Amor Perdido”. O texto, escrito a partir da visão feminina da sociedade, mostra que o chamado “sexo frágil” vem mudando incessantemente com o tempo e que a atualidade é bem distante daquele chamada de “frágil”.
O Cinturão de Rosilete
A história da campeã mundial de boxe Rosilete dos Santos é contada nos telões de cinema por meio de um curta-metragem. Aos 38 anos, já coleciona tantas marcas no rosto que a primeira, obtida lá pelos seus três ou quatro anos de idade, está praticamente oculta.
Parabéns a Você
A infância da roteirista Andreia Kaláboa serviu de inspiração para a criação do curta-metragem intitulado “Parabéns a Você”. A história se passa e 1988, no interior do Paraná, em um momento histórico turbulento para o país.

Tamie Ono Lor
Tamie Ono Lor

Tamie é jornalista e possui especialização em Novas Tecnologias da Comunicação. Ela está sempre querendo absorver um pouco do mundo que a cerca, de preferência com uma câmera na mão. A oriental respira cultura e seu trabalho é também sua diversão.