Outras opções

Se você não gosta de muvuca, gente suada, rock pesado ou então só está querendo fazer algo diferente a nossa cidade tem várias opções para você. A Fundação Cultural de Curitiba mantém abertos vários dos seus espaços e oferece uma programação diversificada para a população e visitantes da cidade durante o período de carnaval. Exposições, teatro infantil, cinema e até casas de leitura estarão abertas para receber o público.
Entre as exposições há diversas opções. Para quem aprecia fotografia, tem a mostra “Ruínas”, que reúne imagens do fotógrafo Orlando Azevedo, e a instalação fotográfica “Ondas de Luz”, de Marco Giacomelli, no Museu Municipal de Arte – MuMA (Portão Cultural); as exposições “Seres de outro planeta”, de Edu Camargo, que retratou a irreverência de alguns artistas curitibanos, “Corpos” (uma coletiva de fotógrafos do Paraná) e “Jerusalém”, de Solange Benasulin, que estão em cartaz no Museu da Fotografia – Solar do Barão, e ainda as mostras “Ciganos”, de Rogério Ferrari, e as imagens da flora e fauna brasileiras feitas pelo fotógrafo e ambientalista Luiz Claudio Marigo, que podem ser vistas no Memorial de Curitiba.
Desenhos, gravuras e pinturas também estão no circuito das artes visuais. As salas do Museu da Gravura (Solar do Barão) apresentam cinco diferentes exposições: “Retratos com café”, de Dirceu Veiga, “Chove”, de José Henrique Correa Martins, “Owad ou Insetos”, de Juliana Kudlinski, “Vindouro”, de Andréia Las, e a exposição dos vencedores do Prêmio Ibema 2015. No Museu de Arte Sacra está a mostra “Estações”, de Antonio Arney.
Outro programa é uma visita à exposição “Entre mesas e balcões: restaurantes e bares de Curitiba nas décadas de 1950 e 1960”, com imagens de bares e restaurantes que fizeram história na segunda metade do século 20, em Curitiba. A mostra está aberta na Casa Romário Martins e reúne fotografias de época de mais de 30 estabelecimentos comerciais tradicionais da cidade.

Cinema e teatro
As salas da Cinemateca e Cine Guarani mantêm as suas programações. Um dos destaques é a sessão do Cineclube, que acontece no sábado (6), às 16h, na Cinemateca, apresentando o filme “Sparrow”, do cineasta chinês Johnnie To. Apesar de pouco divulgados no circuito comercial, os filmes de Johnnie To são reverenciados nos festivais europeus. Ele tem uma extensa filmografia e é conhecido sobretudo pelos seus filmes de ação. “Sparrow” é um dos exemplos.

"Sparrow", em cartaz no Cineclube da Cinemateca

“Sparrow”, em cartaz no Cineclube da Cinemateca

O Teatro Dr. Botica também estará aberto no fim de semana garantindo opções para a criançada. Sábado e domingo (6 e 7), às 13h, 15h e 17h, estará em cartaz a peça “Terezinha – História de Amor e Perigo”, cuja trama é baseada na cantiga de roda Terezinha de Jesus. Para as crianças, o Cine Guarani exibe na sessão das 16h um programa de curtas-metragens de animação.
Além disso, duas Casas da Leitura estarão abertas no sábado (6) com o seu acervo à disposição dos leitores – a Casa da Leitura Wilson Bueno, que fica no Portão Cultural, e a Casa da Leitura Augusto Stresser, no Centro de Criatividade – Parque São Lourenço. No sábado também atendem o público o Bondinho da Leitura e a Estação da Leitura do Pinheirinho.

 

Tamie Ono Lor
Tamie Ono Lor
Tamie é jornalista e possui especialização em Novas Tecnologias da Comunicação. Ela está sempre querendo absorver um pouco do mundo que a cerca, de preferência com uma câmera na mão. A oriental respira cultura e seu trabalho é também sua diversão.