Viva Rock Latino


A música vai tomar conta do Hard Rock. As 16 unidades do restaurante na América Latina acabam de lançar o Viva Rock Latino, uma batalha entre bandas , com premiação final de 5 mil dólares. Cada unidade latino-americana da rede fará uma seletiva entre as bandas concorrentes da sua região e escolherá a melhor para participar das finais. As 16 bandas finalistas disputarão o prêmio em dinheiro e, ainda, um passe livre para se apresentar em qualquer Hard Rock Cafe do mundo sem curadoria prévia.

Por aqui, o evento é sediado pelo Hard Rock Cafe Curitiba e tem a parceria do selo musical Red Records, que oferecerá a produção de um videoclipe profissional ao vencedor da seletiva local. As inscrições estão abertas até o dia 2 de setembro pelo site.
O Viva Rock Latino nasceu para celebrar o rock latino, em português ou espanhol. As bandas interessadas devem ter conteúdo próprio – não são aceitos covers –, para realizar a inscrição no site. Um time de jurados realiza a seleção até o dia 9 de setembro e, já a partir do dia 10, se iniciam as audições com as bandas escolhidas em cada localidade.
Em Curitiba, as audições acontecerão sempre às quintas-feiras e domingos, em um evento aberto ao público, com duas bandas no palco principal da casa, por 45 minutos. O resultado final sai no dia 21 de outubro de 2018, em uma grande festa que integrará todas as unidades participantes.
Apostamos muito na qualidade das bandas da nossa região e faremos um trabalho muito criterioso para que talentos brasileiros despontem nessa batalha”, conta Brunno Kukulka, responsável pelo Hard Rock Cafe Curitiba.
“Essa é uma grande chance para as bandas de todo o Brasil terem projeção internacional. O Hard Rock é um ícone e a Red Records oferece o melhor time de profissionais para a gravação do videoclipe. Não dá para ficar de fora”, finaliza Orlando Custódio, CEO do selo.

Tamie Ono Lor
Tamie Ono Lor
Tamie é jornalista e possui especialização em Novas Tecnologias da Comunicação. Ela está sempre querendo absorver um pouco do mundo que a cerca, de preferência com uma câmera na mão. A oriental respira cultura e seu trabalho é também sua diversão.